VEJA 4 FORMAS DE REDUZIR CUSTOS OPERACIONAIS DA TRANSPORTADORA

Reduzir custos operacionais não é uma tarefa fácil, independente da empresa. Enquanto alguns gestores cortam gastos aleatoriamente, outros têm receio de comprometerem as finanças e a qualidade dos serviços prestados.

Muitas vezes o valor agregado do serviço é o diferencial para que contratos sejam fechados. Assim, para unir qualidade com redução de custos é necessário conhecer bem a empresa, ainda mais se for de transporte de cargas rodoviárias, que sofre tantos imprevistos.

Por esta dificuldade apresentada pelos gestores, listamos 4 formas de avaliar os custos operacionais da transportadora.

Como reduzir custos operacionais da transportadora

Se os custos de suas transportadoras forem bem planejados conseguirá ganhar competitividade no mercado e manter a qualidade dos serviços. O sistema pode ser adotado em todos os setores para que não haja desperdícios de tempo e dinheiro de uma forma geral.

Uma boa ferramenta de gestão específica ou planilhas bem otimizadas poderão dar o parâmetro que precisam para mapear os custos da transportadora e descobrir as fraquezas e oportunidades em seu negócio. Desta maneira, veja o que uma análise por setor e depois global pode fazer para esse crescimento.

1. Faça manutenção preventiva dos veículos

Tenha uma planilha para registrar todas as manutenções programadas de sua frota, é um procedimento importante para prolongar a vida útil dos veículos. Desta forma, é possível se antecipar a consertar ou trocar alguma peça que esteja prestes a estragar, sem deixar o veículo parado mais que o necessário. Já diz o ditado, tempo é dinheiro.

2. Adote o planejamento de rotas da frota

Saber quais mercadorias serão entregues para determinada região, além de economizar tempo, existe a economia de combustível e desgaste do veículo. Considerar o planejamento de rotas torna o serviço mais eficiente e com menores custos operacionais da transportadora, desde que pese informações sobre:

Powered by Rock Convert
  • a distância entre o remetente e o destinatário;
  • estradas em boas condições e seguras para percorrer;
  • possibilidade de entregar diversas mercadorias em uma mesma viagem;
  • gerenciamento de riscos, para prever eventuais problemas e se antecipar com soluções.

A redução de custo pode ser observada no consumo de combustível, manutenção do caminhão e mesmo nas despesas com o motorista.

3. Utilize um software de gestão de transportes

A transportadora necessita estar automatizada e com software específico para a área de transportes para que sua qualidade nos serviços aumente, obtendo redução de custos operacionais. Como também, planejando o crescimento de forma sustentável e evitando possíveis prejuízos. Adquira programas completos para atender bem suas necessidades como gerenciamento de frotas, documentos fiscais, estoque, manutenção dentre outros.

4. Melhore o controle de velocidade e combustível dos veículos

Manter o controle de velocidade, além de diminuir o consumo de combustível permite que outros benefícios sejam incorporados na gestão da frota. Por exemplo, um caminhão pesado que anda em velocidade maior exigirá mais do motor, por consequência gastará mais combustível. Além de desgastar mais os pneus devido à alta temperatura. O ideal é dirigir dentro da velocidade estabelecida.

A manutenção também sofre alteração, pois uma suposição, a cada 1 km/h em velocidade maior de 80 km/h e 88 km/h, o custo com manutenção sobe para 2,75%. Para que isto não ocorra é indicado instalar um rastreador veicular que monitora o caminhão quanto a:

  • velocidade;
  • tempo de movimento;
  • frenagem;
  • tempo parado;
  • acionamento do motor;
  • trajeto.

Outra vantagem é a possibilidade de planejar rotas com melhores caminhos e mais econômicos, gerando diminuição de gastos.

Reduzir os custos operacionais da transportadora requer atenção e uma visão estratégica. Aqui você pôde ver 4 formas de melhorar a performance de gastos de sua transportadora, sem prejudicar a qualidade de seus serviços.

Se interessou pelo assunto? Saiba por que é tão importante reduzir os custos em logística.