Categoria_E_Como_tirar_quanto_custa_e_o_que_é_permitido_dirigir
Categoria E: quanto custa e como tirar?

Existem requisitos diversos para atuar como caminhoneiro e realizar fretes — e o principal deles é ter a carteira de habilitação categoria E. Com ela, demonstram-se os conhecimentos e a prática para exercer essa atividade.

Para obtê-la, é necessário passar por um processo de qualificação que é diferente da habilitação para veículos de passeio. Portanto, você deve conferir cada etapa se quer se tornar capacitado para dirigir caminhões e prestar serviços na área logística.

Na sequência, conheça a categoria E da carteira de motorista e saberá como obter a sua!

O que são as categorias de CNH?

A carteira nacional de habilitação (CNH), também chamada de carteira de motorista, é dividida em diferentes categorias. Elas servem para indicar quais veículos o condutor está apto a dirigir, considerando seu treinamento.

Na prática, a CNH apresenta cinco classificações: A, B, C, D e E. Da mesma forma que permitem dirigir veículos diferentes, elas têm exigências distintas entre si.

O que é a categoria E da CNH?

Como você viu, a categoria E da CNH é a última classificação prevista para os motoristas brasileiros. Portanto, ela compreende um volume maior de veículos que podem ser dirigidos em todo o território nacional.

Essa classificação da carteira de habilitação pode ser tirada por motoristas que atendam, obrigatoriamente, às seguintes exigências:

  • ter idade mínima de 21 anos;
  • ter ao menos 1 ano de experiência com a CNH C ou D;
  • não ter sido multado com infração grave ou gravíssima e nem ser reincidente médio pelos últimos 12 meses.

Note que não é possível fazer a troca da carteira B para a E. É obrigatório ter habilitação na categoria C ou D. E o descumprimento de qualquer critério impede conseguir o documento.

Como funciona essa categoria?

Por ser a mais elevada entre os tipos de carteira de motorista, a categoria E tem o maior volume de exigências. Com a sua obtenção, portanto, é possível dirigir grande parte dos veículos disponíveis. Ela também funciona como uma espécie de evolução da carteira de habilitação. 

Por isso, como visto, é preciso ser aprovado previamente em outra categoria para receber essa autorização. Após conquistar a habilitação do tipo E, é crucial atender às exigências de direção dos veículos, como capacitação específica para certos tipos de transporte.

O motorista com essa CNH pode dirigir:

  • veículos de passeio;
  • veículos de carga com mais de 3,5 toneladas;
  • veículos de transporte com mais de 8 passageiros, como ônibus e minivans;
  • veículos com unidade acoplada acima de 6 toneladas.

Portanto, é permitido dirigir todos os veículos das classificações B, C e D. Por outro lado, o motorista com carteira tipo E não pode dirigir motocicletas e triciclos.

Quanto custa obter essa permissão?

Para obter a permissão da categoria E, também é preciso ter atenção com o valor que deve ser pago. É necessário, por exemplo, pagar uma quantidade mínima de 20 horas de aula prática na autoescola selecionada.

Além disso, devem-se pagar os exames exigidos, as taxas do Departamento de Trânsito (Detran) e o custo de emissão da nova CNH.

Quais as vantagens da categoria E?

Agora que você conhece melhor a carteira de habilitação é possível entender que ela pode trazer pontos positivos. O principal é que concede a autorização de dirigir diversos tipos de veículos, incluindo os de passageiros e os pesados.

Ela também é obtida a partir da CNH já existente. Isso significa que não é preciso fazer as aulas teóricas novamente. Logo, o processo costuma ser mais rápido. Além disso, a habilitação categoria E serve para quem deseja atuar profissionalmente como motorista de caminhão. 

Ao obter a CNH E, existe a vantagem de se candidatar às vagas de motoristas oferecidas por empresas de transporte. Desse modo, é possível atuar como funcionário ou como caminhoneiro autônomo.

Quais são as desvantagens?

A principal desvantagem é o preço para obter a categoria E em sua CNH. Além disso, há a necessidade de atender aos critérios para trocar a CNH dessa forma. Mas tudo pode funcionar como uma espécie de investimento, já que ela será usada para trabalho. 

Ainda assim, é fundamental estar preparado para quitar os valores correspondentes. Outra desvantagem da carteira com categoria E é não poder dirigir motos e triciclos. Dependendo da sua realidade como motorista, esse pode ser um ponto que merece atenção.

Como tirar CNH categoria E?

Caso você tenha interesse em se tornar um motorista de categoria E, é preciso seguir etapas para a obtenção de carteira. Veja quais são os passos!

Pague a taxa de serviço

Conforme orientações do Detran, o primeiro passo consiste no pagamento da taxa de serviço. O valor varia para cada estado, então é importante conferir na sua região.

Com o comprovante de pagamento, é possível realizar a entrega de documentação em um dos postos do Detran. Nessa fase, serão conferidos os dados para garantir que você possa obter a CNH de categoria E.

Realize os exames exigidos

Nessa etapa, o Detran indicará quais são as clínicas credenciadas mais próximas ao seu endereço. No estabelecimento, você deverá fazer o exame médico, psicológico (para atividade remunerada) e toxicológico de ampla janela.

Os exames são pagos e as taxas variam para cada local credenciado. Com a efetuação do pagamento, será possível executar os exames.

Busque um Centro de Formação de Condutores

Para a parte prática, deve-se buscar um Centro de Formação de Condutores (CFC), popularmente conhecido como autoescola. É importante selecionar uma alternativa que ofereça a estrutura necessária para concluir as aulas práticas com veículos pesados.

No CFC, você precisará agendar, no mínimo, 20 horas de aula prática. Caso tenha a necessidade, é possível exceder a carga horária, mediante pagamento.

Realize a prova prática

Após completar a carga horária mínima, você poderá agendar a prova prática. Em caso de aprovação, ocorrerá a emissão da carteira de motorista categoria E. Caso contrário, será preciso pagar a taxa de reexame para realizar a prova novamente, no prazo estipulado.

Como visto, obter a categoria E da CNH é essencial para atuar como motorista de caminhão. Ao seguir essas etapas, você terá a autorização necessária para prestar serviços de frete em diversas situações.

Essas informações foram úteis? Agora aproveite para descobrir como comprar um caminhão adequado para as tarefas profissionais!