Agregar caminhão na tranportadora Fedex TNT Expres

Exigências para agregar caminhão na transportadora Fedex TNT

Para você ter uma ideia da exigência de uma grande empresa de transportes, segue abaixo tudo o que a transportadora FEDEX TNT exige na hora de agregar caminhão:

  • Formalização de contrato de prestação de serviço;
  • Cópia da última versão consolidada do contrato social da empresa;
  • Cópia do alvará de localização;
  • CDA (Certidão de dívida ativa);
  • Certidão negativa de débitos emitido pela Fazenda Nacional e outra emitida pela União Federal;
  • Certidão de débitos municipais;
  • Cópia do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de veículos);
  • Cópia do RNTRC (ANTT);
  • Cópia do leasing;
  • Comodato ou locação de veículos (se for o caso);
  • Certificado de participação no curso de direção defensiva;
  • Certificado de participação no curso Mopp;
  • Teste de opacidade para veículos a diesel ou análise de gases de escape para os demais combustíveis;
  • CNH e comprovante de residência do motorista;
  • Rastreador via satélite ou GPRS;
  • Idade máxima do veículo não pode ultrapassar 10 anos;
  • O veículo deverá passar também por uma inspeção na TNT, para verificar se está dentro dos padrões exigidos;
  • Obrigatoriedade de treinamento de integração, onde serão apresentados todos os procedimentos;
  • Liberação da gerenciadora de risco;
  • Obrigatoriedade de participação do programa Road Safet (Segurança nas Estradas).