Publicado em 11/08/ 2021

Entenda como funciona uma franquia de transportadora, suas vantagens e quanto custa para investir!

O assunto aqui hoje é franquia de transportadora. Você sabia que o sistema de franquias é hoje um dos formatos de negócios mais utilizados no mundo?

As franquias são concessões de direitos de imagens e formato de trabalho que um franqueador disponibiliza com regras estipuladas através de contrato para que você possa utilizar daquela marca a qual já está consolidada no mercado.

No segmento de logística, também temos franquias de transportadora que são cada vez mais comuns nos dias de hoje.

Considerando o tamanho do nosso mercado nacional onde mais de 60% da produção trafega através do transporte rodoviário, bem como a necessidade que se tem de uma prestação de serviços de maior qualidade e mais eficaz, teremos através da franquia de transportadora uma excelente opção para empreender.

Empreendimento com franquia de logística

Mesmo que a concorrência nos dias de hoje seja acirrada, você iniciar um negócio de franquia que já detenha uma marca e um processo pré-definido, ajuda muito no sucesso do negócio.

As vantagens e desvantagens que se tem ao iniciar um negócio ficam muito mais claras e de fácil aplicação quando já temos o plano de negócio pré-definido por alguém que já testou este modelo anteriormente e está funcionando.

Usufruir desta facilidade poderá ser uma grande vantagem para o início do seu empreendimento.

Sabemos que na logística, bem como no transporte de cargas fracionadas, de uma forma superficial é comum escutarmos, é só pegar aqui e entregar ali. Mas só quem está na lida, vivendo no dia a dia as suas particularidades, sabe dizer a quantidade de detalhes que existe.

Saber viabilizar este formato de trabalho na logística e entender o que se precisa saber para colocar em prática este empreendimento, é o que faremos neste artigo para poder lhe ajudar a ter um norte neste tipo de negócio dentro do transporte e da logística num todo.

Você sabe o que é uma franquia?

O que é uma franquia de transportes?

Antes de continuar, é importante explicar o que é uma franquia.

Franquia é como se fosse uma filial, só que em outro local e com transferência de direitos de utilização da imagem e dos processos conforme contrato. A franquia é a sua unidade de negócio, porém utilizando uma bandeira já estabelecida no mercado. Nesta parceria, existem regras pré-estabelecidas para o franqueado conforme o plano de negócios.

A seguir, entenda como funciona uma franquia de transportadora.

Como funciona uma franquia de transporte?

Nós temos então dois papéis nesta questão que são a do franqueador e a do franqueado:

  1. O franqueador é o dono da empresa que concede o direito para o franqueado utilizar a marca.
  2. O franqueado é quem investe para poder adquirir:
  • Conhecimento quanto ao caminho a ser traçado;
  • Conhecimento referente aos erros e acertos de quem iniciou o negócio;
  • Direito de usar o nome da marca do franqueador o qual já deve ter um nome consolidado no mercado;
  • Direito a ter um monitoramento e consultoria quanto ao andamento do negócio;
  • Possibilidade de utilização do mesmo sistema de tecnologia;
  • Modelo de operação que é copiado e transferido para o novo local da franquia de transportadora;
  • E principalmente, um plano de negócios pronto.

Obviamente os itens que o franqueado tem direito a utilizar, bem como seus deveres, também são previamente estipulados em contrato. Em nosso país, contratos de franquias empresariais, tem sua própria lei, que impõe certas regras que devem ser obedecidas.

Vantagens e desvantagens de franquia de transportades

Franquia de transportadora: Vantagens e desvantagens

A praticidade de termos um negócio já experimentado e testado traz grande credibilidade para adquirir uma franquia de logística (transportes rodoviários).

De um negócio de entregas rápidas, desde uma empresa de motoboy à franquia de uma empresa de transportes rodoviários ou um agente de carga aérea, é uma situação que nos enche os olhos diante do mercado cada vez mais crescente e que necessita de soluções para entregas de forma rápida.

Diante de um cenário, no qual tivemos recentemente a maior crise da história do nosso país, e considerando que estamos em uma retomada da economia que, por mais que esteja sendo lenta, está ocorrendo, não é de se desprezar o momento de investimento no segmento de transporte rodoviário e logística, que movimenta anualmente mais de 60% da circulação de produtos no país.

Mas vamos entender as vantagens e desvantagens que uma franquia de transportadora pode nos oferecer.

Vantagens da franquia de transportadora

  • Credibilidade de iniciar o negócio com um nome já conhecido no mercado;
  • Transferência de conhecimento do negócio;
  • Plano de Negócio já montado;
  • Suporte do franqueador;
  • Disponibilização de tecnologia com software para gestão comercial, operacional, administrativo e financeiro;
  • Portfólio de clientes que a rede possui, ajuda no desenvolvimento da sua unidade de negócio;
  • Planejamento quanto à disponibilização de rotas e a gestão operacional;
  • Investimento inicial com opções que pode caber no seu bolso.

Desvantagens da franquia de transportadora

  • Pouca flexibilidade, sendo que os controles sobre as operações do franqueado são constantes;
  • Possibilidade de aplicação de multas, caso não cumpra os processos acordados;
  • Ponto de instalação muitas vezes forçado, tendo que ser condizente com as condições impostas pelo franqueador.

Considere bem as vantagens e desvantagens da franquia de transportadora e veja se o negócio serve para você.

Você tem perfil para ser um franqueado na logística?

Perfil de um franqueado no setor de transportes

Fazer a autoanálise para qualquer coisa que você queira é importantíssimo. E é necessário entender todas as questões que fazem parte do segmento que você quer empreender.

Compare por exemplo, se você quer trabalhar com engenharia ou informática, obviamente precisa entender e gostar de matemática, e se for um esportista, precisará gostar do esporte que escolheu, e suar muito.

Para ser um empreendedor no ramo de franquia de transportadora, você necessita entender:

  • Do segmento em que quer atuar;
  • Das áreas de administração, finanças, comercial e gestão de pessoas;
  • Em suma, precisa saber fazer a gestão do negócio que escolheu.

Gerir um negócio não é pra qualquer um. Mas isso também não quer dizer que seja bom ou ruim ser um gestor, quer dizer que cada um deseja algo para si, e que este algo geralmente está aliado às aptidões daquilo que a pessoa gosta de fazer.

Capacidade de gestão

Então se você sente que tem capacidade de gerir um negócio e isto inclui administração das finanças, da operação, do comercial e dos funcionários, maravilha, você está apto a se desenvolver no empreendimento de uma franquia de transportadora.

E dentro deste perfil, você tem que observar bem claro as aptidões e recursos para fazer com que este empreendimento dê certo. Seguem:

  • Você terá que seguir padrões preestabelecidos pelo franqueador, conforme contrato;
  • Necessitará ter o capital para fazer frente ao negócio, para isto precisa entender do negócio bem como estar antenado ao mercado continuamente;
  • Naturalmente, você necessitará dedicar preciosas horas de trabalho.

Você está disposto?

Se sua resposta for “sim”, então você terá grandes chances de ter sucesso nesta área. Caso contrário, é bom refletir para entender melhor o seu perfil profissional.

Quanto custa para investir em uma franquia de transportadora?

Quanto custa uma franquia de transportadora?

Para se entender sobre o investimento a ser realizado em uma franquia de logística, primeiro você precisa definir o que quer. Seguem questões que você precisa ter claras em mente, pois elas farão parte do plano de negócios que o franqueador irá lhe propor:

  • Qual é o segmento foco que você quer atuar: rodoviário, expresso, aéreo?
  • Qual a estrutura será necessária?
  • Qual a necessidade com relação à quantidade de funcionários?
  • Qual a necessidade de investimento?
  • Expectativa de receita e tempo de retorno?
  • Metas

Vamos entender à questão prática quanto à divisão do custeio que necessitará para adquirir uma franquia de logística e que fará parte do plano de negócio.

Divisão do custeio em franquia de transportes

Você precisará saber:

  • Qual será o investimento total ou capital inicial – que é o valor a ser aplicado para montar e iniciar o negócio;
  • Capital de giro – é o valor destinado para cobrir as necessidades de caixa da empresa no dia a dia bem como para salários e demais contas;
  • Taxa da franquia de transportes – é o valor cobrado pelo franqueador para a concessão do negócio;
  • Royalties – refere-se ao valor pago pelo direito de usar um produto, marca, ou terreno;
  • Faturamento médio mensal – representa e estimativa do valor faturado pelo franqueado;
  • Prazo de retorno – é o período estimado pelo franqueador para que a franquia de transportadora recupere o dinheiro investido;
  • Custos variáveis – são as despesas que aumentam ou diminuem de acordo com o nível de atividade da empresa;
  • Custos fixos – são as despesas que não alteram com o aumento ou redução da produtividade.

Exemplos de valores de investimento

Entendido quanto aos itens que você deve conhecer para iniciar um negócio de franquia de transportadora, vamos então a exemplos de valores de investimentos, os quais irão variar conforme o tamanho da estrutura, segue:

  • Investimento inicial, dependendo do porte, varia de R$ 10.000,00 a R$ 350.000,00
  • Taxa de franquia varia de R$ 1.000,00 a R$ 80.000,00
  • Royalties variam de 1% a 5% sobre o faturamento bruto mensal
  • Faturamento médio mensal varia de R$ 5.000,00 a R$ 500.000.00
  • Prazo de retorno varia de 6 a 120 meses

Viabilidade na questão de franquia: É uma questão pessoal?

Viabilidade de franquia de transportes

A viabilidade na questão de franquia “também” é uma questão pessoal.

Porém o equilíbrio entre o lado pessoal e o fator que demonstrará o sucesso do negócio, que são os números, estão diretamente ligados um ao outro, pois serão os resultados que demonstrarão se o negócio dará certo.

Sempre lembrando que o bom resultado virá da boa gestão sua para com os seus parceiros e sua equipe.

Sendo assim, transferir para a prática todo o processo de envolvimento pessoal e profissional no negócio, é fundamental, como a saber:

7 pontos que todo empreendedor de franquia logística deve saber

Em conjunto com os fundamentos anteriores, abaixo descrevo 7 pontos que todo empreendedor de franquia de logística deve ter:

  1. A certeza quanto ao tempo que deverá dispor para se dedicar ao seu próprio negócio;
  2. Conhecimento de 100% do plano de negócio;
  3. Ter visão de investidor, tendo em mente que este negócio sempre poderá render mais;
  4. Auto motivação;
  5. Perfil para analisar riscos e saber tomar ações para evitar problemas;
  6. Visão a médio e longo prazo;
  7. E resiliência, com a capacidade de lidar com problemas, adaptar-se as mudanças, superar obstáculos e resistir à pressão de situações adversas.

A logística tem um mercado muito dinâmico, que requer que estejamos sempre conectados com os acontecimentos desta área para que se possa se manter e, claro, prosperar nesse negócio.

Exemplos de franquias de transportadora

Exemplos de franquia de transportadora

Hoje em dia, com a quantidade de prestadores de serviços na área de transportes, há a disponibilidade de achar transportadoras que oferecem negociar franquias, desde investimentos com baixo custo a investimentos de alto custo.

Dentro das opções no mercado, achamos com maior facilidade opções de franquias de transportadora de

  • Carga rodoviária fracionada; e
  • De transporte de carga aérea.

Devemos ter claro que este mercado, como qualquer outro, é concorrido. Então, conhecer onde você irá querer pisar, conciliando com o seu poder de fogo, de investimento, é o ponto de partida para empreender. E aliás, por mais que o número de empresas de transportes em nosso país seja grande, sempre há mercado para expansão em um país rico nos mais diversos segmentos como é o Brasil.

Exemplos de algumas empresas

Muitas destas empresas de transportes de cargas, rodoviário e aéreo, visando o crescimento e a manutenção do seu modelo de negócio, disponibilizam a possibilidade de você se tornar um franqueado, a exemplos seguem:

Estude o formato de franquia de transportadora com o qual você mais se identifica, analise as propostas, tome a decisão e boa sorte.

Como abrir uma franquia Jadlog?

Primeiramente, para abrir uma franquia Jadlog, a transportadora recomenda alguns pré-requisitos do candidato, como experiência com negociações comerciais e com o segmento de encomendas expressas. Além disso, é necessário a formação superior.

Na prática, ao atender os requisitos exigidos, é possível ser um franqueado na empresa de transportes Jadlog 1) acessando o site da empresa, 2) clicando em “Seja um franqueado…”, na home, 3) acessando a seção de formulário e, por último, 4) preenchendo o formulário com suas informações e uma apresentação.

Com isso, existem duas possibilidades de atuação com uma franquia Jadlog:

  • Centro de Operações (CO);
  • Loja própria Jadlog.

Franquia de transportadora: Conclusão

Por mais que o mercado de transportes esteja sempre muito concorrido, e tendo um sistema administrativo cada vez mais completo disponibilizado a todos, podermos através de uma franquia copiar e colocar em prática aquilo que já está dando certo. Com certeza, trata-se de uma jogada de expertise para quem quer se aventurar no segmento.

Desde o surgimento das franquias nos Estados Unidos em 1851, até os dias de hoje, vemos uma expansão neste tipo de negócio em todos os segmentos, desde a área alimentícia, passando por moda, saúde, construção, educação, hotelaria, enfim, até a área de prestação de serviços, transportes e logística.

Empreender no segmento de logística e transportes de cargas é tarefa que requer um plano de negócios, e se este plano já estiver pronto e com um suporte que é fornecido, então você terá um bom norte de como deve trilhar o caminho para fazer dar certo.

Comparar as vantagens e desvantagens, os pontos fortes e fracos da área bem como os riscos e estar com conhecimento de causa antes de abrir uma franquia de transportes é um ótimo incentivo para compreender o cenário e iniciar a empreender.

Determine seu foco, estude o plano de negócios, analise a franquia de transportadora mais adequada e mãos à obra!

Redação do Frete com Lucro

Redação do Frete com Lucro

3 respostas

  1. Excelente artigo, muito esclarecedor e bem apropriado pra quem deseja e sonha ter seu próprio negócio.
    Eu pretendo ser um fraquiado e sinto que tenho os requisitos necessários, mas ainda não sei qual seria o meu segmento e o melhor fraquiador para realizar o meu sonho.
    A última coisa que eu quero é ver os meus sonhos se tornarem pesadelos.

  2. Muito bom este arquivo! É neste ramo que quero empreender. Tenho experiência no assunto, pois já realizei diversos cursos sobre gestão e empreendimento e também tenho a experiência na prática, pois já trabalhei com logística. Este arquivo é muito esclarecedor! Agradeço à vocês!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe este conteúdo
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
F-azul-transp.png

Seja um assinante Frete com Lucro e receba conteúdos exclusivos.