Planilha de Cálculo de Fretes Fracionados
Planilha para calculo de frete fracionado

Planilha de Cálculo de Frete Fracionado: Tire suas Principais Dúvidas

Você trabalha com frete fracionado? E com a planilha de cálculo de fretes fracionados? Essa tem sido uma boa modalidade de transporte, que tem gerado ótimos resultados às transportadoras quando é bem gerida.

Uma vez que o cliente não precisa contratar um caminhão só para ele transportar suas mercadorias, com o frete fracionado, é possível dividir os custos com outras pessoas que têm cargas a serem enviadas à mesma região.

Para obter um controle de todo os processos, bem como ter conhecimento do custo correto a ser cobrado pelo frete, é relevante que se tenha uma planilha de cálculo de fretes fracionados e também de fretes lotados. Aprenda a seguir como deve proceder!

O que é a planilha de cálculo de fretes fracionados?

Primeiramente, saiba que há dois tipos de serviços de frete realizados pelas transportadoras: o frete de lotação e o frete fracionado. O primeiro é quando um cliente contrata um caminhão somente para ele, ou seja, com 100% do espaço. Mesmo se ele ocupar apenas 50%, pagará pelo todo — por este motivo, o cálculo não é feito por peso.

Outra opção é o frete fracionado em que o cliente aluga um caminhão com outras empresas ou pessoas — que vai para uma região em comum — e divide o custo entre elas. Exemplificando, sobre um computador que precisa ser entregue em Belo Horizonte (MG) e tem uma metragem cúbica ou um peso de 1 kg, o cálculo será feito pelo seu peso. Nisso, o frete fracionado e o cálculo fracionado se difere do frete lotação.

Uma transportadora que tem frota própria terá custos de combustível, manutenção, motorista, impostos etc. A planilha é direcionada para cada veículo, assim, você preenche as informações do automóvel e os custos da empresa de despesas fixas, diretas e indiretas, para obter o cálculo do frete a ser cobrado. A planilha de lotação é igual, porém, o que muda é o momento de dividir o espaço do veículo.

A planilha serve para reduzir os seus custos, manter um controle e indicar quanto você tem que cobrar com base em duas variáveis: distância e peso.

Como é feito, na prática, esse cálculo?

Preencha todos os dados que a planilha solicita, como:

  • Veículos: informações sobre o veículo que será utilizado, lembrando que cada planilha é para um carro;
  • Custos fixos: custos fixos indiretos e diretos da empresa;
  • Custos fixos indiretos: são aqueles que não são diretamente ligados aos veículos, mas que têm custo mensal ou diário no caminhão;
  • Custos fixos diretos: são os custos mensais ou diários do caminhão;
  • Custos fixos por dia: gastos diários, calculados de acordo com o número de dias que o caminhão trabalhou no mês;
  • Custos variáveis do veículo: combustível, ARLA 32, pneus, câmaras, recauchutagem, recapagem, manutenção, lubrificante e lavagem;
  • Km rodado: de acordo com os dados dos custos varáveis do veículo você obterá o valor gasto por quilômetros rodados;
  • Rotas: cálculo de acordo com a cidade, a distância, o tempo, a capacidade e o lucro para obter o resultado.

Por exemplo, um caminhão que pode transportar 6 mil quilos incluirá na aba específica sua rota. Suponhamos que ela seja de 1 a 100 quilômetros. A planilha informará automaticamente com base em todos os custos inseridos, quanto deverá cobrar pelo frete. Se você vai transportar um quadro de 2 quilos a uma distância de 500 quilômetros, para este frete será cobrado o valor de R$ 4,36.

No entanto, como no frete fracionado há muitas entregas para cada região, separe cada cliente com sua carga e a distância que será percorrida. Não é correto que o primeiro cliente, que terá sua mercadoria entregue no início do trajeto, pague o mesmo valor que o último, uma vez que percorreram distâncias diferentes.

Quais são as vantagens do uso da planilha?

Existem duas principais vantagens em se trabalhar com planilhas, sendo:

  1. Redução do tempo de cálculo: a maioria dos pequenos empresários realiza suas tarefas manualmente e até na calculadora, ou por não serem ligados à tecnologia, ou por não terem capital suficiente para investir nesta área. A planilha, contudo, facilita o desenvolvimento do trabalho, pois você só precisa saber para onde a mercadoria está indo e o peso do produto. Desta forma, consegue descobrir o valor do frete, sem fazer cálculos manuais;
  2. Precisão da informação: preenchidos corretamente os custos, a planilha estipulará um valor de frete adequado, evitando que se tenha prejuízo devido a cálculos malfeitos.

Outros benefícios são a facilidade na gestão da transportadora e a avaliação dos resultados para tomadas de decisões.

Quando uma planilha deve ser utilizada?

A planilha se faz necessária sempre que for fazer uma cotação. Isso porque ela é elaborada para que sua empresa tenha seus custos rapidamente calculados e os valores corretos a serem cobrados dos clientes. Como foi pensada para transportadoras de pequeno porte, os caminhoneiros autônomos e embarcadores também podem utilizá-las.

Quais são os diferenciais da planilha fornecida pela Frete Com Lucro?

O principal diferencial é que não há necessidade de se fazer cálculos. Você somente insere os dados solicitados e a planilha lhe dará os valores. Além disso, há um webinar explicando o funcionamento da planilha e seus fundamentos.

A planilha de cálculos de fretes fracionados e de lotação proporciona à transportadora a possibilidade de utilizá-la tanto para frota própria quanto para terceirizada, que é quando uma pessoa presta serviço à transportadora para as entregas. Então, no total, a planilha faz o trabalho para duas modalidades com dois tipos de veículos cada.

Conseguiu entender a relevância da planilha de cálculo de fretes fracionados para a saúde financeira de sua transportadora? Como fazer os cálculos corretos e o momento certo para serem usadas, as vantagens obtidas e, ainda, os diferenciais que a planilha do Frete Com Lucro pode proporcionar? Melhore os processos de trabalho e veja sua empresa crescer com a redução dos custos operacionais.