gestão de frota de caminhões
Estratégias de gestão de frota

Gestão De Frota De Caminhões: Conheça 7 Estratégias Imperdíveis

O Brasil possui uma malha rodoviária extensa e o Governo Federal sempre priorizou o transporte terrestre, porém, não realiza investimento na sua infraestrutura.

Por estas razões, as transportadoras precisam de gestão de frotas de caminhões, garantindo à empresa maior estabilidade e economia. Acompanhe 7 estratégias para obter êxito nesta questão.

1.  Planeje a gestão de frotas de caminhão

Todos os custos devem ser mensurados para uma boa gestão. Os cortes devem ser bem avaliados e realizados de maneira estratégica. Imagine se cortar os custos com manutenção preventiva, quando um caminhão estragar seu gasto será dobrado. Assim, o gestor deve acompanhar cada passo quanto aos custos de:

  • viajem;
  • motorista;
  • manutenção e troca de peças;
  • abastecimento;
  • pedágios e outros.

2.  Invista em software de gestão de frota

Otimizar o processo garante a organização e controle das atividades, fornecendo informações para a empresa quanto a:

  • previsão de gastos com o transporte e demais custos da transportadora;
  • disponibilidade de veículos para viagens;
  • localização de cada caminhão;
  • planejamento de rotas seguras e com menores custos;
  • relatórios de consumos, peças, clientes, etc.

Com estes dados a transportadora poderá agir nos devidos lugares para fazer um corte efetivo, sem comprometer o fluxo da empresa.

3.  Planeje e monitore as rotas de entrega

Selecionar os melhores percursos, além de economizar nos custos dos transportes, também ajuda a ganhar tempo.

O indicado ao traçar uma rota é analisar se o cliente tem alguma restrição em sua carga por segurança, horário de entrega e ordem de recebimento, para que não haja risco de devolução e consequentemente prejuízo.

Softwares específicos auxiliam na escolha da rota, como monitora em tempo real o caminhão e motorista. Desta maneira, é mais fácil fiscalizar, reduzir riscos de furto e roubo de cargas e atingir metas. O monitoramento pode ser por rádio ou satélite.

Powered by Rock Convert

4.  Faça a manutenção preventiva adequada

Consta na manutenção preventiva a troca de óleo, rodízio e inspeção de pneus, pressão do ar nos pneus, conforme indica o manual do veículo.

Pneus muito inflados podem aumentar o consumo do combustível em até 3%, sendo que de maneira adequada a quilometragem melhora cerca de 0,6%. Lembre-se de verificar os itens de segurança.

5.  Controle de velocidade

O dispositivo de controle de velocidade é um item obrigatório por lei, trazendo benefício para empresa de modo geral, evitando multas, acidentes, economia de combustível em até 2,8% gastos nas rodovias.

6.  Mantenha a documentação em dia

Existem softwares direcionados para gerenciamento da frota, dependendo da quantidade de veículos de sua transportadora, este se faz necessário. O sistema armazena todos os dados dos veículos e comunica quando algum estiver com documentos para vencer.

7.  Treine seus colaboradores

Os motoristas precisam ter conhecimento dos veículos que dirigirão, como calibrar os pneus, usar as tecnologias proporcionadas pelo caminhão, dirigir adequadamente etc.

Além da parte técnica, os motoristas devem saber sobre as normas da transportadora e a legislação de trânsito e do transporte de carga.

Profissionais bem treinados e conscientes geram economia para a empresa. Se tornam mais integrados com o trabalho e tem melhores rendimentos.

Estas são as 7 formas de gestão de frotas de caminhão que trouxemos para você.

No entanto, este gerenciamento requer uma série de cuidados para garantir que o mesmo seja aplicado dentro da transportadora.