Publicado em 29/10/ 2021

Incoterms: o melhor guia de 2021

Você já ouviu falar em Incoterms? Se você já começou a entrar no universo do mercado internacional, é provável que já tenha lido esse termo.

Se você nunca viu, saiba que é um assunto de extrema importância para você que tem interesse em comprar ou vender para fora do Brasil.

Neste guia você vai entender tudo sobre Incoterms.

Entenda o que é e para que serve:

Quando eu comecei a trabalhar com comércio internacional, alguns anos atrás, me deparei com termos estranhos que eu nunca tinha ouvido falar. Um desses termos era Incoterm.

Nem sempre era fácil encontrar informação e entender o que cada termo significava.

Eu precisei estudar bastante para entender o que é e para que serve cada uma das Incoterms.

Por isso eu vou usar toda minha experiência prática e meus estudos para deixar esse assunto bem claro, de uma vez por todas. Ou seja, eu garanto que depois desse texto você vai entender tudo sobre Incoterms.

Não importa se você já conhece um pouco sobre esse assunto, ou se está apenas começando.

Não importa se você tem interesse em exportação ou importação

Esse artigo vai te ajudar.

Vamos lá:

Qual é o significado de Incoterm?

Incoterm significa International Commercial Terms.

Ou, em português, Termos Internacionais de Comércio.

O que é uma Incoterm?

Incoterms são códigos mundialmente acordados com regras padronizadas que regulam a responsabilidade e a entrega de uma carga.

Ou seja, são códigos que orientam quem é responsável sobre o que em todo o processo de transporte, seguro e entrega de cargas vendidas e compradas entre um país e outro.

A Incoterm estabelece o momento exato da transferência da responsabilidade do vendedor para o comprador sobre a mercadoria, quem deve fazer a contratação do transporte e a contratação do seguro.

A versão mais atualizada das Incoterms é a publicada pela Câmara Internacional de Comércio e engloba onze categorias.

Pra que serve uma Incoterm?

As Incoterms servem para simplificar o entendimento das negociações entre comprador e vendedor.

Embora possa parecer um pouco complexo, a verdade é que a criação das Incoterms facilitou bastante o comércio internacional.

Você deve imaginar quantos detalhes precisam ser negociados em uma operação comercial internacional.

Tudo isso em outro idioma.

Então você também já pode ter uma ideia do quanto facilita ter esses códigos mundialmente padronizados que, apenas com 3 letras, definem tantos detalhes importantes no envio da carga.

As principais funções da Incoterm são:

  • Definir onde o exportador deve entregar a carga;
  • Definir quem deve pagar pelo transporte nacional e internacional;
  • Definir quem fica responsável pelo desembaraço aduaneiro na origem e no destino;
  • Definir quem deve contratar o seguro da carga
  • Definir a partir de que ponto a carga passa a ser responsabilidade do comprador.

O mais importante é isso:

Você sempre deve estar atento à Incoterm de uma operação.

A Incoterm deve ser acordada entre comprador e vendedor ainda na fase de negociação do produto e deve aparecer em toda a documentação internacional.

Mas por que isso é tão importante?

Porque é a Incoterm que vai estabelecer até onde o produto enviado é “problema seu”.

Digamos que você seja o comprador de um produto que venha dos Estados Unidos.

Você não apenas deve saber qual a Incoterm que vai comandar aquele envio específico, mas também deve entender todos os detalhes que ela abrange.

Dentro de uma Incoterm está compreendido todo um contrato cheio de detalhes importantes.

É ela que vai definir se é você, o comprador, ou é o vendedor que vai ficar responsável por:

  • Embalagem e identificação dos produtos;
  • Carregamento dos produtos;
  • Transporte dentro do país de origem;
  • Seguro no país de origem;
  • Inspeção e peritagem;
  • Desembaraço aduaneiro no país de origem;
  • Armazenamento e despesas com embarque;
  • Transporte internacional;
  • Seguro internacional;
  • Descarregamento do navio no destino;
  • Manuseio e armazenagem no destino;
  • Desembaraço aduaneiro no destino;
  • Transporte dentro do país de destino;
  • Seguro no país de destino;
  • Descarga da mercadoria no local de entrega.

Esse é o ponto:

A Incoterm é tão importante porque é uma linguagem padronizada mundialmente. Quando, na negociação, fica acordado qual Incoterm será utilizada para o negócio, todos esses detalhes que mencionei acima estão, automaticamente, pactuados.

Atualmente, existem onze Incoterms que definem diferentes responsabilidades para cada uma das partes.

Lista de Incoterm 2020:

  • EXW – Ex works (local designado na origem);
  • FCA – Free Carrier (local designado);
  • FAS – Free Alongside Ship (no cais do porto de origem);
  • FOB – Free on Board (a bordo do navio).
  • CFR – Cost and Freight (porto de destino designado);
  • CIF – Cost, Insurance and Freight (porto de destino designado com seguro internacional);
  • CPT – Carriage Paid to (local de destino designado);
  • CIP – Carriage and Insurance Paid to (local de destino designado com seguro internacional).
  • DDP – Delivered Duty Paid (local designado, impostos e despesas aduaneiras pagos);
  • DPU – Delivered at Place Unloaded (entregue no local designado descarregado);
  • DAP – Delivered at Place (entregue no local designado).

Sim, eu sei que você ainda ficou com muitas dúvidas.

Calma.

Isso não vai ficar assim.

Tipos de Incoterms

De forma bem simplificada, esse guia sobre Incoterms destaca quais são as responsabilidades do vendedor e do comprador em cada uma das onze categorias:

Incoterm EXW

Responsabilidade do vendedor

  • Embalagem.

Responsabilidade do comprador

  • Transporte dentro do país de origem;
  • Seguro no país de origem;
  • Desembaraço na origem;
  • Transporte internacional;
  • Seguro internacional;
  • Descarregamento do navio;
  • Desembaraço no destino;
  • Transporte dentro do país de destino;
  • Seguro no país de destino;
  • Descarregar a mercadoria.

Incoterm FCA

Responsabilidade do vendedor

  • Embalagem;
  • Transporte dentro do país de origem (até o local designado, que pode ser a própria empresa ou outro local).

Responsabilidade do comprador

  • Seguro no país de origem;
  • Desembaraço na origem;
  • Transporte internacional;
  • Seguro internacional;
  • Descarregamento do navio;
  • Desembaraço no destino
  • Transporte dentro do país de destino;
  • Seguro no país de destino;
  • Descarregar a mercadoria.

Incoterm FAS

Responsabilidade do vendedor

  • Embalagem;
  • Transporte dentro do país de origem – descarregado ao lado do navio;
  • Desembaraço na origem.

Responsabilidade do comprador

  • Seguro no país de origem;
  • Transporte internacional;
  • Seguro internacional;
  • Descarregamento do navio;
  • Desembaraço no destino;
  • Transporte dentro do país de destino;
  • Seguro no país de destino;
  • Descarregar a mercadoria.

Incoterm FOB

Responsabilidade do vendedor

  • Embalagem;
  • Transporte dentro do país de origem – descarregado ao lado do navio;
  • Desembaraço na origem;
  • Seguro no país de origem.

Responsabilidade do comprador

  • Transporte internacional;
  • Seguro internacional;
  • Descarregamento do navio;
  • Desembaraço no destino;
  • Transporte dentro do país de destino;
  • Seguro no país de destino;
  • Descarregar a mercadoria.

Incoterm CFR

Responsabilidade do vendedor

  • Embalagem;
  • Transporte dentro do país de origem – descarregado ao lado do navio;
  • Desembaraço na origem;
  • Seguro no país de origem;
  • Transporte internacional.

Responsabilidade do comprador

  • Seguro internacional;
  • Descarregamento do navio;
  • Desembaraço no destino;
  • Transporte dentro do país de destino;
  • Seguro no país de destino;
  • Descarregar a mercadoria.

Incoterm CIF

Responsabilidade do vendedor

  • Embalagem;
  • Transporte dentro do país de origem – descarregado ao lado do navio;
  • Desembaraço na origem;
  • Seguro no país de origem;
  • Transporte internacional;
  • Seguro internacional;

Responsabilidade do comprador

  • Descarregamento do navio;
  • Desembaraço no destino;
  • Transporte dentro do país de destino;
  • Seguro no país de destino;
  • Descarregar a mercadoria.

Incoterm CIP

Responsabilidade do vendedor

  • Embalagem;
  • Transporte dentro do país de origem – descarregado ao lado do navio;
  • Desembaraço na origem;
  • Seguro no país de origem;
  • Transporte internacional;
  • Seguro internacional;
  • Descarregamento do navio.

Responsabilidade do comprador

  • Desembaraço no destino;
  • Transporte dentro do país de destino;
  • Seguro no país de destino;
  • Descarregar a mercadoria.

Incoterm CPT

Responsabilidade do vendedor

  • Embalagem;
  • Transporte dentro do país de origem – descarregado ao lado do navio;
  • Desembaraço na origem;
  • Seguro no país de origem;
  • Transporte internacional;
  • Descarregamento do navio.

Responsabilidade do comprador

  • Seguro internacional;
  • Desembaraço no destino;
  • Transporte dentro do país de destino;
  • Seguro no país de destino;
  • Descarregar a mercadoria.

Incoterm DAP

Responsabilidade do vendedor

  • Embalagem;
  • Transporte dentro do país de origem;
  • Seguro no país de origem;
  • Desembaraço na origem;
  • Transporte internacional;
  • Seguro internacional.

Responsabilidade do comprador

  • Desembaraço no destino;
  • Transporte dentro do país de destino;
  • Descarregar a mercadoria.

Incoterm DPU

Responsabilidade do vendedor

  • Embalagem;
  • Transporte dentro do país de origem;
  • Seguro no país de origem;
  • Desembaraço na origem;
  • Transporte internacional;
  • Seguro internacional;
  • Descarregar a mercadoria.

Responsabilidade do comprador

  • Desembaraço no destino;
  • Seguro no país de destino;
  • Transporte dentro do país de destino;
  • Descarregamento do navio.

Incoterm DDP

Responsabilidade do vendedor

  • Embalagem;
  • Transporte dentro do país de origem – descarregado ao lado do navio;
  • Desembaraço na origem;
  • Seguro no país de origem;
  • Transporte internacional;
  • Seguro internacional;
  • Descarregamento do navio;
  • Desembaraço no destino;
  • Transporte dentro do país de destino;
  • Seguro no país de destino.

Responsabilidade do comprador

  • Descarregar a mercadoria no ponto final de entrega.

Agora:

Todas as Incoterms podem ser utilizadas em qualquer meio de transporte?

Não.

Algumas das Incoterms são exclusivas para determinados modais, ou seja, determinados meios de transporte.

Transporte multimodal

As Incoterms que podem ser usadas para qualquer meio de transporte (aquaviário, aéreo, rodoviário e ferroviário), são:

EXW – Ex Works

FCA – Free Carrier

CPT – Carriage Paid To

CIP – Carriage And Insurance Paid To

DAP – Delivered At Place

DPU – Delivered At Place Unloaded

DDP – Delivered Duty Paid

Transporte aquaviário

As Incoterm que podem ser usadas para meios de transporte marítimo ou fluvial, são:

FAS – Free Alongside Ship

FOB – Free On Board

CFR – Cost And Freight

CIF – Cost Insurance And Freight

Transporte marítimo

As Incoterms usadas, exclusivamente, para transporte marítimo, são:

FAS – Free Alongside Ship

FOB – Free On Board

CFR – Cost And Freight

CIF – Cost Insurance And Freight

Onde a Incoterm deve aparecer?

Depois de combinada na negociação, a Incoterm deve aparecer em toda documentação daquela operação.

Ela vai estar destacada:

  • na proforma invoice;
  • na commercial invoice;
  • na packing list;
  • em qualquer documento envolvido na negociação.

Conclusão

Entender sobre Incoterms é essencial para quem já trabalha ou para quem quer trabalhar com comércio internacional. Tanto na exportação quanto na importação, a Incoterm define diversos detalhes importantes no envio da mercadoria que impactam diretamente no custo do envio do produto.

Ou seja, independente se você está comprando ou vendendo para o mercado internacional, entender sobre Incoterms vai ajudar a fazer com que você não cometa nenhum erro no cálculo de custo.

O que isso significa?

Negócios mais lucrativos e seguros para você e sua empresa. E também, a garantia de não haver dor de cabeça por falta de entendimento do assunto.

Espero que esse conteúdo tenha ajudado você a entender melhor sobre o que são as Incoterms, para que elas servem e como elas funcionam. Se você gostou desse conteúdo, deixe seu like e conta aqui nos comentários se esse conteúdo te ajudou a entender melhor sobre Incoterms. 🙂

Confira também este conteúdo sobre o frete CIF e FOB!

Guilherme Bitencourt

Guilherme Bitencourt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe este conteúdo
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
F-azul-transp.png

Seja um assinante Frete com Lucro e receba conteúdos exclusivos.