Publicado em 17/11/ 2021

Tabela Fipe caminhão: como funciona e como pesquisar?

A tabela Fipe é uma referência muito conhecida no mercado de automóveis, inclusive para caminhão e outros veículos comerciais de transporte. Mas, para conhecer a sua importância, é preciso entender o funcionamento e suas utilidades.

Dessa maneira a transportadora poderá utilizar a tabela Fipe como uma forma de avaliar sua própria frota, analisar a compra de novos veículos e outras questões. Assim, a gestão ficará mais assertiva e será possível priorizar a redução de custos.

Por isso, a seguir você conhecerá o que é a tabela Fipe para caminhão, como ela funciona e como consultar um veículo a partir dessa ferramenta. Continue a leitura e aprenda!

O que é a tabela Fipe caminhão?

A tabela Fipe tem esse nome por conta da instituição que a criou e a pesquisa regularmente. A sigla representa a Fundação Instituto de Pesquisa Econômicas, uma organização privada e sem fins lucrativos. Logo, ela não está vinculada a nenhum Governo.

A fundação foi criada em 1973 com a finalidade de apoiar instituições de ensino e pesquisa, sejam elas públicas ou privadas. Na época, o foco era fornecer estudos estatísticos para a Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP).

Atualmente, ela faz levantamentos de dados para elaborar índices, tabelas de preços médios e de quantidades de diversas variáveis econômicas. Entre seus índices mais importantes estão o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) e o Preço Médio de Veículos.

Esse último é a conhecida tabela Fipe de veículos. Ela busca demonstrar o preço médio dos automóveis comercializados no Brasil e é dividida entre carros, caminhões, motos/triciclos e quadriciclos.

Como funciona a tabela Fipe?

Para colher as informações da tabela e atualizá-la, a Fipe faz questionários com os principais comerciantes de veículos de centenas de cidades no Brasil, em todas as regiões. No segmento de carros e utilitários, o ano/modelo deve ser a partir de 1985.

Já para os caminhões e micro-ônibus, os dados são referentes ao ano/modelo a partir de 1981. Além disso, para motos, triciclos e quadriciclos, o ano/modelo começa em 1990.

Em caminhões zero quilômetro, a Fipe apura preços de versões com opcionais de versões básicas, intermediárias e completas. Assim, é possível avaliar veículos com diferentes utilidades e condições.

Ao coletar os dados, a equipe monta uma lista com todos os preços praticados no mercado em relação ao mesmo veículo — do menor ao maior. Depois, exclui os valores muito elevados e muito baixos com poucas observações, escolhidos estatisticamente.

Essa prática visa evitar uma deturpação nos preços, que podem ser exagerados caso os valores muito fora da curva sejam considerados. No final, a média é calculada considerando a maioria dos preços levantados.

É necessário pontuar que não são considerados veículos para vendas especiais. Desse modo, veículos comercializados para revenda, frotistas, blindados, modificados e outras situações não são levantados na pesquisa.

Também é válido saber que, para caminhão, o valor é referente somente ao chassi/cabine. Ou seja, o baú, carroceria e outros acessórios não estão inclusos no preço demonstrado na tabela Fipe dos veículos.

Fique atento, ainda, ao fato de que os preços da tabela são aqueles para comercialização ao consumidor final e com pagamento à vista, sem negociações ou parcelamentos. Logo, é possível que eles sejam menores do que aqueles anunciados em lojas.

Para que serve a tabela Fipe?

Como você viu, a tabela Fipe busca demonstrar o preço médio de veículos comercializados em território nacional. Desse modo, ela expressa o valor anunciado por vendedores e sua principal função é servir como um parâmetro.

Então é possível considerar a tabela Fipe caminhão como uma base de preços. No entanto, não há exigências para que ela seja seguida por vendedores — sejam os veículos novos, usados ou seminovos, em qualquer estado de conservação.

Isso acontece porque os preços praticados efetivamente podem variar de acordo com diversas questões. Entre elas estão a região de comercialização, que pode ter uma maior ou menor demanda, a cor do caminhão, os acessórios etc.

Além de ser usada como referência de preço, a tabela Fipe pode auxiliar na definição de cobrança de impostos, como o IPVA, que considera cada veículo individualmente. Ela também tem uma função importante na precificação de indenizações de seguros.

Dessa forma, as transportadoras e os motoristas autônomos podem utilizá-las para diversas finalidades. Veja mais detalhes sobre isso:

Parâmetro para compra e venda

Como vimos, uma das principais funções da tabela Fipe é mostrar os preços praticados no mercado. Esses valores consideram o ano/modelo do caminhão, sua marca e classe, assim como a inflação do período pesquisado.

Desse modo, se você quer comprar ou vender um caminhão, poderá utilizar a tabela Fipe para conhecer a média de preço e definir o seu. Assim será possível verificar se está fazendo um bom negócio e fazer anúncios por preços justos.

Mas vale lembrar que a tabela Fipe traz preços gerais. Por isso, alterações, melhorias e outras modificações próprias do seu veículo não são consideradas. Então inclua os custos desses detalhes no valor final para ter ainda mais precisão no preço.

Planejamento de custos e despesas

Outra função importante da tabela Fipe para transportadoras e autônomos é a possibilidade de se planejar para custos e despesas com os veículos. Como você viu, ela muitas vezes serve de base para a definição do IPVA.

Esse imposto é estadual e cada ente federativo define o percentual aplicado no seu estado. Em 2021 ele variava entre 2% a 4% do valor venal do veículo. Para encontrar a informação precisa, você pode acessar o site oficial.

O valor venal utilizado no IPVA é exatamente aquele correspondente na tabela Fipe no momento de cálculo do imposto. Dessa maneira, mesmo antes de comprar um veículo você poderá avaliar esses valores e calcular a previsão de quanto pagará anualmente de imposto.

Ter acesso a essa informação pode ajudá-lo a se planejar. Afinal, o custo com os caminhões vai muito além da compra. É preciso calcular todos os impostos, como o IPVA, outras taxas, combustível, revisões e manutenções, entre outros.

Avaliação de seguros

Também é possível utilizar a Fipe para avaliar a indenização referente ao pagamento do seguro do caminhão. Ela é devida em caso de roubo do veículo ou perda total por conta de um acidente ou situação em que o conserto será muito oneroso.

As seguradoras costumam calcular a indenização devida aos segurados com base na tabela Fipe. Portanto, elas utilizam um percentual do preço do caminhão listado na tabela para pagar a indenização.

Lembre-se de que as regras de cada seguro estão listadas na apólice, então é preciso avaliar cada alternativa de diferentes seguradoras. No entanto, é bastante comum que o valor da indenização seja de 80% a 110% da tabela Fipe.

Vale a pena ressaltar que o valor é atualizado mensalmente, conforme a correção monetária utilizada. Por isso, não há um preço definido para cada veículo.

Como consultar um caminhão na tabela Fipe?

Depois de conhecer todas essas informações sobre a tabela Fipe para caminhão, você precisa saber como consultar um veículo nela. Confira a seguir um passo a passo para fazer essa consulta:

Acesse o site da Fipe ou baixe o aplicativo

Para encontrar a tabela Fipe atualizada e confiável é preciso acessar o site da instituição ou baixar o aplicativo oficial. Ele está disponível tanto para sistemas operacionais Android quanto para o iOS, pelo Google Play ou App Store.

Vale ressaltar que a Fipe não disponibiliza arquivos para download com a tabela, como planilhas do excel e também não possui serviço de API. Portanto, qualquer site que seja diferente do fipe.org.br é proveniente de terceiros e pode não ser confiável.

Logo, a única maneira de acessar a tabela de forma segura e atualizada diz respeito ao site oficial e aos aplicativos para smartphones da instituição.

Escolha o ambiente da tabela de Preços Médios de Veículos

Ao acessar o site você deve clicar na opção “índices e indicadores”. Na página é possível encontrar todos os levantamentos realizados pela Fipe para a elaboração dos índices. Basta procurar pela opção “Preço Médio de Veículos – Tabela Fipe”. Ela está na seção dos indicadores.

 Como o site pode ser atualizado, é possível que haja alterações frequentes. No entanto, considerando que a tabela Fipe é um importante informativo no Brasil, essa opção costuma estar em destaque.

Faça consulta de caminhões e micro-ônibus

Na próxima página da sua pesquisa você encontrará todas as opções relacionadas à tabela Fipe. Por exemplo, consulta de carros e utilitários pequenos, caminhões e micro-ônibus e motos.

Ao clicar na consulta de caminhões você terá duas opções: pesquisa comum e pesquisa por código Fipe. Na pesquisa comum é possível escolher a marca do veículo dentre as opções listadas na tabela.

Depois, é preciso selecionar o modelo do veículo. Lembre-se de escolher a versão correta, tendo em vista que elas possuem bastante diferença de preços. Isso ocorre principalmente por conta do motor e dos opcionais de fábrica.

Por fim, selecione o ano modelo do veículo. Vale lembrar que para os caminhões a pesquisa só alcança aqueles fabricados após 1981. Portanto, se o modelo for anterior, o preço não terá correlação com o mercado.

Ao clicar em pesquisar você terá acesso à tabela referente ao veículo. Nela aparece o mês de correspondência, o código Fipe para futuras pesquisas, o ano modelo e o preço médio ao final. Essa tabela pode ser impressa ou ter o link copiado para compartilhamento.

Agora você já conhece a tabela Fipe para caminhão e como fazer a pesquisa de veículos. Lembre-se de que ela é uma base de informações importantes para autônomos e transportadoras, ajudando na gestão dos meios de transporte utilizados.

Ficou interessado em avaliar cotações para seguros de caminhão? Então conte com a nossa parceira Mutuus!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este conteúdo
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no google
Google+
F-azul-transp.png

Seja um assinante Frete com Lucro e receba conteúdos exclusivos.